Feco Hamburger mira o telescópio, que mira o universo, por Agnaldo Farias - Janaina Torres

São Paulo Brasil

Feco Hamburger mira o telescópio, que mira o universo, por Agnaldo Farias

4 de maio de 2017 | 18:38


Feco Hamburger, Alma IV, Jato de tinta sobre papel de algodão, 40 x 60 cm

Por Agnaldo Farias *

Os limites espaço-temporais da nossa percepção, condenada ao que se alcança com os olhos e ouvidos confinados num horizonte circular e fincados no presente, geram como reação o fabrico de mapas e modelos de toda ordem.

Nada mais que a expressão de um desejo atávico pelo controle das coisas, sejam elas aéreas, territoriais, geográficas, políticas, corpos biológicos; o impulso transborda sobre o corpo do mundo, no que dele é visível e invisível, e vai muito além dele.

Descrever ou simplesmente nomear algo implica uma forma ainda que insubstancial de captura. Não se mapeia apenas o que se vê, mas mapeia-se para se ver melhor. Como explica Paul Valéry, em seu ensaio sobre Degas, “há uma imensa diferença entre ver uma coisa sem o lapis na mão e vê-la desenhando-a”.

ALMA – Experiência Mediada, nasceu do Atacama Large Millimeter and sub-millimeter Array – ALMA, o maior telescópio terrestre do mundo, formado por 50 antenas situadas a 5000 metros de altitude, no Chile.

Feco Hamburger colheu as imagens no próprio site do projeto e, em cada uma, interveio com números, equações e diagramas, a rigor a modalidade de informação visual produzida pelo próprio telescópio.

O artista olha dentro e fora do gigantesco dispositivo, enquanto este olha o universo.

* Em Mapas Cartas Guias e Portulanos, Perfil Cultural, Brasil, 2016


Feco Hamburger, Alma VIII
Jato de tinta sobre papel de algodão
110x167cm

Leia Também
EXPOSIÇÕES & VIEWING ROOMS

HamacaS

Liene Bosquê

Guilherme Santos da Silva

PRA VELA NÃO SE APAGAR

ENTES

As Maneiras Plurais de Existir

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Aceitar